A ejaculação precoce é um problema que afeta muito a relação do casal. Não apenas o homem sofre com isso, mas também a mulher que acaba não chegando ao orgasmo nas relações sexuais.

Há mulheres que tem a capacidade de ter um orgasmo com 3 minutos de penetração, outras precisam de até 20 minutos ou mais. Apesar do tempo de penetração que cada mulher precise ser diferente, é mais comum precisar de mais tempo do que de menos. Então se você consegue gozar com três minutos tem motivo pra se sentir contemplada pelos céus.

Já os homens, no geral, precisam de um tempo menor para chegar ao orgasmo. O problema acontece quando o homem precisa de um tempo muito pequeno ou a mulher um tempo muito grande. O primeiro caso pode ser de ejaculação precoce, o segundo caso pode ser anorgasmia.

Saiba se o seu companheiro tem ejaculação precoce

Para saber se o seu companheiro tem ejaculação precoce é só responder a essas perguntas abaixo:

  1. O tempo para ele chegar ao orgasmo, na maioria das vezes, é inferior a 1 minutos?
  2. O tempo de penetração é POUCO para você chegar ao orgasmo ou se sentir satisfeita?
  3. O tempo de duração do sexo está afetando o relacionamento de vocês, ou você se sente incomodada com isso?

Se você respondeu SIM para qualquer uma destas três perguntas acima, é provável que o seu companheiro tenha ejaculação precoce.

 

O que fazer quando o maridão tem ejaculação precoce

Agora que você já sabe que o seu marido tem ejaculação precoce (!), a próxima pergunta é: o que eu faço?

A primeira coisa que você, e provavelmente ele também, precisa entender é que a ejaculação precoce é um problema do casal, e não de apenas uma pessoa. Você deve estar pensando “mas é ele que goza rápido, e não eu, na verdade eu nem chego lá”. Você está correta, porém você também está sofrendo com isso, certo? Então o problema pode não estar (fisicamente) em você, mas também é seu. Vamos supor que você esteja satisfeita como tempo de duração de suas relações sexuais, mas seu parceiro não. Neste caso seria um problema apenas dele já que não te causa sofrimento. Se quiser entender melhor este conceito leia neste texto a parte que falo sobre inadequação sexual.

Estou insistindo que é um problema do casal porque o tratamento envolve os dois. Se você ficar só enchendo o saco para seu companheiro parar de gozar rápido e não fizer mais nada, a chance dele resolver o problema cai muito. Na verdade desta forma você pode até piorar a situação uma vez que ele vai ficar ansioso cada vez que for pra cama contigo, o que ajuda a gozar ainda mais rápido ou até pode causar uma disfunção erétil.

Pegou a primeira dica? Não deixe ele ansioso que pode piorar a situação.

A segunda dica é: faça ele investir nas preliminares. Quanto mais excitada você tiver, mais fácil será chegar ao orgasmo e, portanto, menos tempo de penetração será necessário. Como você faz isso? Vamos para a terceira dica

Terceira dica: conversem sobre o problema. Na maioria das vezes as conversas entre casal não surtem efeito, e é por um motivo muito simples: eles conversam quando o problema está ocorrendo. Pense, o cara acabou de gozar e você vai reclamar que foi muito rápido. O cara vai se sentir criticado, vai ficar puto na hora e ansioso quando forem transar de novo.

A melhor hora para conversar é quando não estão brigados, e de forma pacífica (sem ataques). Em um dia que está tudo bem, chame ele pra conversar. Diga que gostaria que o tempo de penetração fosse um pouco maior, que é tão gostoso transar com ele e que você gostaria de aproveitar um pouco mais. Pergunte se na próxima vez que forem pra cama ele consegue se segurar um pouco mais. Ele vai falar que sim, que vai tentar, mas provavelmente não vai conseguir, ai que entra a quarta dica

Ele não goza rápido por que quer. Essa é a parte mais difícil da mulher entender. Infelizmente acaba sendo culpa da psicologia (psicanálise) essa ideia de que o homem goza rápido por ser egoísta, por desconsiderar a parceira. Apesar de você sentir exatamente isso (que ele só pensa no prazer dele), saiba que para o homem é muito importante quando termina o sexo e a mulher está deitada ao lado, ofegante, suada e com uma cara de feliz. Esta cena é para o homem trás uma sensação de satisfação inenarrável.  Quando o homem faz a famosa pergunta “você gozou?” muitas mulheres ficam putas, “como o cara ficou dois minutos encima de mim e tem a coragem de perguntar se eu gozei?”. Mas ele está realmente querendo saber isso, e é porque se importa com seu prazer. Por isso digo, o cara não goza rápido por que quer! Diga que não gozou (jamais minta quer gozou se você estiver insatisfeita com o sexo), que foi muito bom, e que gostaria de aproveitar ainda mais na próxima vez.

A quinta e ultima dica é a mais difícil de ser seguida: procure um especialista. A maioria dos homens é resistente em procurar um especialista. Eles procuram uma solução mágica na internet, compram cursos on-line ou ebooks que não funcionam, tomam remédios naturais que não servem pra nada (se servisse já teria um grande laboratório extraindo o principio ativo e fazendo um remédio que venderia milhões), mas na hora de ir ao urologista, não querem. Psicólogo então, nem pensar! Nós fazemos isso pelo mesmo motivo que não perguntamos o caminho quando estamos perdidos: não queremos nos sentir vulneráveis e queremos resolver o problema por nós mesmo.

A primeira vez que você propor a ele procurar ajuda, ele vai recusar veementemente. Mas com a persistência do problema, e com sua insistência uma hora ele vai aceitar. Novamente, converse sobre isso quando estiverem em uma situação neutra, não brigados nem na hora do sexo. Mas não ignore o problema, se não o cara acaba se acomodando e como nós homens somos acomodados e ai é que o negócio não vai. O primeiro profissionais a procurar é o urologista. Ele vai pedir vários exames de sangue, vai examinar o penis do seu marido e vai propor um tratamento. Ele pode propor uma medicação ou indicar acompanhamento com psicólogo se identificar que a causa é psicológica.

E, pra fechar, uma dica extra: peça que ele leia o CoisadeHomem, com certeza as informações aqui vão ajudar ele a entender melhor sobre o problema de vocês.

 

Open chat
Powered by
%d blogueiros gostam disto: