É muito comum os pais reclamaram que o filho não os respeita, que age agressivamente quando contrariados e que nem fala com eles. Porém nem sempre foi assim, em algum momento eles foram crianças carinhosas. Como este respeito que tinha pelos pais foi perdido?

O que é respeito

Podemos definir respeito como uma atitude/sentimento positivo direcionada à uma pessoa. É o reconhecimento de que aquela pessoa é, de alguma forma, importante, e merece ser honrada. Também pode ser consideração por algo positivo que uma pessoa fez a outra ou à sociedade.

Respeito também pode estar ligada a questão religiosa, muitas vezes denominado na bíblia como honra: “honra a teu pai e tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; para que te vá bem e vivas muito tempo sobre a terra” (Efésios, 6:2-3).

Outro aspecto do respeito diz respeito (perdoe o trocadilho) ao temor. Como o nome diz, temor é você ter medo de alguém, porém não de um suposto mal que essa pessoa poderia fazer pra você, e sim de perder a consideração e o apreço desta pessoa.

O ultimo consideração referente ao respeito é a ausência de comportamentos desrespeitosos. Quando uma pessoa respeita a outra ela evitará ao máximo fazer algo que possa magoar, ferir, agredir ou qualquer outra coisa negativo. Isso por temer perder a consideração desta pessoa.

Como o respeito é conquistado

Respeito é algo que deve ser conquisto, nunca à força.

Um pai ou uma mãe conquista o respeito de seus filhos de através de dois componentes. O primeiro é que à medida que presta os cuidados que o filho necessita e lhe dá o amor e o carinho devido, os sentimentos positivos da criança pelos pais são desenvolvidos e, portanto, a atitude positiva. Não existe respeito sem essa atitude positiva.

A segunda é o temor da autoridade que em os pais estão imbuídos, seja pelo poder de prover algum tipo de castigo ou punição ou perda da aprovação/afeto.

Como o respeito é perdido

Tem casos que o respeito é perdido, mas tem outros que nem é conquistado, começaremos pelo ultimo caso.

Quando os pais permitem que as criancinhas pequenininhas lhes deem tapas ou mordam, estão lhe dizendo que podem ser agressivos com eles. Quando acham bonitinho a criança mandando tomar no c* estão autorizando esse tipo de palavreado com com os pais. Se ensinam o filho a chutar o gatinho ou o cachorrinho, estão ensinando a criança a descontar a frustração de forma agressiva.

Estes três exemplos são formas perfeitas de ensinar a criança a ser desrespeitosas com as figuras de autoridade desde pequenas. O respeito envolve controle do impulso, mesmo sob intenso sentimento.

O primeiro motivo que os pais não tem o respeito dos filhos é que não corrigem o comportamento deles nas primeiras vezes que aparecem e atitudes semelhantes vão aparecendo cada vez mais.

Leita também:

Filha adolescente mandando nudes

Pais abusivos, precisamos falar sobre isso

Não seja amigo de seu filho

O segundo motivo é que, com o tempo, a correria da vida, e com a autonomia cada vez maior da criança, passa a prestar cada vez menos atenção no filho, e, portanto, perceber menos comportamentos inadequados. Quando o pai ou a mãe se dá conta o comportamento desrespeitoso já está instalado, e para eliminar é um problema.

O terceiro é que os pais falam línguas diferentes e as regras não são claras. Enquanto o pai implica com uma coisa e é rígido em certos aspectos, a mãe é liberal, ou vice versa. A criança e o adolescente aprende rapidinho a quem recorrer quando quer alguma coisa, e, portanto, aprende que regras podem ser quebradas e não precisam ser seguidas, inclusive regras de boa convivência.

O quarto motivo é que os pais não se respeitam, e exigem respeito dos filhos. Se o marido trai a esposa, se a mulher xinga ou agride o marido, se um dos dois faz uso de droga, não trabalha ou vive uma vida desregrada, o filho olhará o exemplo. Não adianta falar, o que ensina é o que você faz, não o que você fala. Quer o respeito do seu filho? Se respeite!

O ultimo motivo é que os pais não sabem como modificar o comportamento dos filhos, não sabem o que fazer para que o filho o respeito, afinal nem filho nem ser pai ou mão vem com manual de instrução.

Como conseguir o respeito dos filhos

Segue algumas dicas de como conseguir o respeito dos filhos.

A primeira dica, obviamente, é seja o exemplo. Não pare em fila dupla, não fure o sinal vermelho, não leve vantagem a custas de outra pessoa, seja uma pessoa íntegra, com controle emocional.

Não tolere qualquer comportamento desrespeitoso de seu filho. Se você permite que uma coisinha ou outra vá passando, uma hora você pode perder o controle. Se ele(a) for desrespeitoso com você, deve arcar com as consequências.

Aplique punições para quando tiver alguma falta de respeito. Para crianças muito pequenas, se bater em você, segure a mão dela e fale bem firme que não pode bater, contenha o impulso. Para crianças maiores, se xingar peça para pedir desculpas. Você pode pensar em castigos como ficar algum tempo sem celular, ou fechado em um quarto sem nada pra fazer, ou sem jogar videogame ou ter algum tipo de brincadeira.

Quando for pensar na punição é importante tomar cuidado com duas coisas: com a punição física, ela não é indicada apesar de as vezes ser necessárias com muito, muito cuidado; e com ameaças de punição que nunca serão cumpridas. Se você falar que vai ficar sem jogar videogame o resto do ano, tem que mantar, é melhor não falar do que não manter.

Peça para reparar o dano. Alem de sofrer uma punição, a melhor forma de aprender a não fazer novamente é pedir desculpas e fazer alguma coisa para reparar o dano. Por exemplo, chutou o gatinho, vai ter que catar o cocô do gatinho por uma semana para reparar o dano, ou vai trocar a água do cachorro.

Seguindo essas dicas provavelmente você conseguirá recuperar o respeito de seu filho que foi perdido. Em casos de adolescente é mais complicado pois eles estão em uma fase naturalmente rebelde, porém as dicas ainda são as mesmas. Em casos estremos um educador, pastor, padre ou psicólogo pode te ajudar.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

%d blogueiros gostam disto: